Arquivo da categoria: Bem Estar

Qual a alimentação correta antes do carnaval?

Qual a alimentação correta antes do carnaval?

Para todos que vão curtir a folia que se inicia hoje vamos deixar uma dica da alimentação ideal para você que não perde a folia por nada.

O Site Treino Online – https://goo.gl/I5p7Ig – nos dá uma dica de como proceder – matéria clicando no link

1- Hidratação: estamos na época mais quente do ano. Um dos primeiros cuidados que devemos ter é com a hidratação para aguentar o pique do feriado. Beba bastante água e aproveite para consumir água de coco, chás gelados e sucos de frutas. Vale ressaltar que o consumo de bebidas alcoólicas não é saudável, porém, também sabemos que no carnaval muita gente consome. Caso você for consumir bebida alcoólica, não se esqueça de beber água antes, durante e depois. A desidratação por conta do consumo do álcool pode ser minimizada se você se hidratar direitinho.

2- Cuidados com alguns alimentos: evite alimentos gordurosos como frituras e fast food. Caso contrário, você irá sobrecarregar seu fígado, se tiver consumido alguma bebida alcoólica. Opte por alimentos leves e naturais, como frutas, cereais integrais e proteínas magras.

3- Alimentação pré-folia: para pular atrás do trio elétrico é preciso muita energia, certo? Alimentos fonte de energia são os carboidratos. Então que tal fazer um sanduíche no pão integral com um ovo cozido ou atum? A combinação da proteína magra com o pão integral irá trazer saciedade e bastante energia para sua folia!

4- Alimentação pós-folia: chegamos no momento de hidratar novamente o corpo. Opte por um café da manhã leve, com suco de frutas e proteínas magras como iogurte desnatado, queijo branco e ovo cozido. Nos lanches da manhã e da tarde, sucos de frutas, água de coco, frutas em pedaços e castanhas são boas opções. Almoço e jantar aproveite para consumir vegetais folhosos, arroz integral e carnes magras. Não se esqueça de comer pouco, e não pule as refeições!

Suco energético para consumo antes de cair na folia:
Ingredientes:

01 colher de sopa cheia de beterraba ralada;
½ unidade de cenoura ralada;
01 copo médio de água de coco;
01 copo pequeno de suco de laranja sem açúcar; ½ colher café de guaraná em pó;
01 colher de sobremesa cheia de semente de linhaça triturada;
½ colher de sobremesa de mel de abelha.
Modo de preparar:
Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e consumir imediatamente.

Suplementação de Vitaminas e Minerais

Hoje em dia temos muitas ofertas em gondolas e prateleiras de farmácias, lojas de suplemento e até lojas online referentes a suplementação, mas qual seria ideal para você?

Uma matéria publicada pelo site Tua Saúde explica a diferença entre o polivitamínico e o polivitamínico e mineral. Veja a matéria abaixo ou clicando no link acima!

Polivitamínico

Um polivitamínico é um suplemento alimentar que tem várias vitaminas.

A utilização de polivitamínico é necessária quando não se consegue ter todas as vitaminas necessários ao organismo através da alimentação como por exemplo quando se pratica um esporte, quando se tem doenças ou se toma medicação que dificultam a absorção de vitaminas ou em certas fases da vida como a gestação ou amamentação.

O polivitamínico não engorda porque as vitaminas não têm calorias mas por exemplo o polivitamínico complexo B que tem todas as vitaminas do complexo B pode aumentar o apetite e assim levar a um maior consumo de alimentos que poderá trazer um aumento de peso.

Polivitamínico e poli mineral

O polivitamínico e poli mineral é um suplemento que tem várias vitaminas e minerais.

O polivitamínico e mineral existe na forma de pílulas, líquidos ou pós que são tomados diariamente durante um período de tempo que vai varia de acordo com as exigências individuais do organismo, existindo por isso polivitamínico e poli mineral infantil específico para esta fase da vida assim como polivitamínico e poli mineral para gestantes que geralmente têm maiores quantidades de ácido fólico e ferro porque são nutrientes importantes para a grávida.

Alguns nutrientes interagem podendo prejudicar a absorção entre si, por exemplo o cálcio diminui a absorção do ferro e se forem consumidos em simultâneo o organismo não consegue absorver nenhum destes minerais por isso é importante se aconselhar com o médico ou nutricionista antes de se iniciar qualquer suplementação para que ela seja eficiente e não prejudique a saúde.

Lembramos que o uso de qualquer medicamento deve ser orientado por médicos especializados.

Trabalhamos com Polivitamínico e Polimineral Tupã.

Viva bem e com saúde!

 

Você conhece o Phytotesto? Venha descobrir!

O Phytotesto (ou Feno Grego) é originário da Índia e Paquistão é também conhecido por alfarva ou alforva. O seu nome deriva do fato de ter sido muito utilizada na Grécia, quando introduzida na zona mediterrânica.

Sementes de feno-grego contêm saponinas na forma de fenosides ou furostanol. Furostanol possui potencial anabólico, visto que auxilia na produção do hormônio luteini-zante dehidroepiandrosterona (dhea), aumentando assim os níveis de testosterona. Utili-zado também no tratamento de disfunção sexual. Ambos efeitos são devidos ao seu au-mento nos níveis de testosterona.

A presença de substâncias esteroides em sementes de feno-grego foi relatada pela primeira vez em 1919 por Wunschendorff, investigadora francesa que estava trabalhando na Argélia. Esta descoberta foi confirmada em vários estudos que detectaram a presença de diosgenina, gitogenina e traços de tigogenina, após a hidrólise do material da planta.

Indicações

– Estimula e melhora o desempenho sexual;
– Aumento da massa muscular;
– Aumento da resistência física;
– Melhora resistência insulínica;
– Auxiliar no Tratamento do Colesterol Alto

Amanhã, a partir das 10:00 da manhã, na Radio Mundial 95,7 FM / AM 660 , no programa Alquimia das Ervas, falaremos mais desse produto, clique no link para ouvir a radio – https://goo.gl/KC0Ax8

Trabalhamos com o produto em nosso site, basta clicar no link e conferir as formulações – https://goo.gl/8kuwex

Dores de Cabeça Constantes, acompanhe sua alimentação!

Algumas pessoas, hoje em dia, dizem que é normal ter dor de cabeça, andam sempre com seu remedio preferido na bolsa, no carro, mas não é bem assim que funciona, toda a dor tem um motivo e temos que ir atrás desse motivo.

O site Minha Vida publicou uma matéria exatamente sobre o que pode ocorrer com uma alimentação errada.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que mais de 90% das pessoas sofrem ou sofreram de cefaleia (dor de cabeça) em algum momento da vida. E as causas podem ser inúmeras, como estresse e falta de sono. O que poucas pessoas sabem é que a alimentação também é fator determinante para desencadear essas dores.

As nutricionistas Juliana Lucena, da BioGourmet em São Paulo, e Joana Lucyk, da Clínica Saúde Ativa, em Brasília, explicam que a cefaleia pode ser causada por alguns tipos de substância presentes em diversos alimentos e, no caso de pessoas que sofrem de crises de enxaqueca, o ideal é que esses alimentos sejam evitados ao máximo na dieta.

“É aconselhável que as pessoas que sofrem de dores de cabeça façam um tratamento médico especializado para identificar a causa e tratar o sintoma da forma mais adequada possível”, diz a nutricionista. Mas além de cuidados com a alimentação, também deve-se evitar períodos de jejum, que também acarreta cefaleia. Veja a seguir as substâncias e os alimentos alimentos que lideram o ranking de desencadeadores da dor de cabeça:

Acompanhe matéria completa clicando no link – https://goo.gl/ltqA6T

Fim de semana: Não coma Junk Food!

Muitas pessoas transformam o fim de semana em dia de junk food, de comer comidas repletas de gorduras, açucares e outros alimentos que fazem com que nosso corpo ganhe um quilinhos a mais, mesmo sendo no final de semana. Uma dieta balanceada deve ser seguida diariamente.

Abaixo trazemos uma dica do site Tua Saude – https://www.tuasaude.com/dieta-para-o-fim-de-semana/

A dieta para o fim de semana é uma dieta baixa em calorias que só pode ser feita apenas por 2 dias.

Em dois dias não se pode compensar os erros feitos em uma semana, mas no final de semana, geralmente, existe mais tranquilidade e, por isso, é mais fácil controlar ataques de fome que podem ser provocados pela ansiedade e, além disso, se tem mais tempo livre para fazer uma atividade física.

Durante todo o dia se recomenda a ingestão de bastante líquidos, como água ou chá verde, por exemplo. Nesta dieta não é permitido tomar café ou bebidas alcoólicas.

14 de Novembro, Dia Mundial da Diabetes

Novembro não é somente azul devido a campanha do homem contra o câncer de próstata, também é azul devido a o dia mundial da diabetes, hoje, 14/11.

Abaixo segue o link e uma das matérias do site http://diamundialdodiabetes.org.br/

http://diamundialdodiabetes.org.br/diabetes/educacao-e-prevencao

Educação e Prevenção

O diabetes exige alguns cuidados que são para o resto da vida, tanto para o paciente, quanto para a família. Ambos precisam tomar uma série de decisões relacionadas ao tratamento do diabetes: medir a glicemia, tomar medicamentos, exercitar-se regularmente e ajustar os hábitos alimentares. Além disso, pode ser necessário apoio psicológico. Como as consequências do tratamento são baseadas nas decisões tomadas, é de extrema importância que as pessoas com diabetes recebam educação de qualidade, ajustada às necessidades e fornecidas por profissionais de saúde qualificados.

Sem a educação em diabetes, os pacientes estão menos preparados para tomar decisões baseadas em informação, fazer mudanças de comportamento, lidar com os aspectos psicossociais e, por fim, não estar equipado o suficiente para fazer um bom tratamento. O mau controle resulta em prejuízo para a saúde e em uma grande probabilidade de desenvolver complicações.

O papel dos educadores em diabetes é essencial, juntamente com a equipe multidisciplinar. O educador faz com que a pessoa com diabetes monitore sua saúde com escolhas e ações baseadas em julgamento vindo da informação.

A maioria dos pacientes não tem acesso à educação em diabetes, devido a fatores como custo, distância e falta de serviços apropriados. Algumas nem sabem dos serviços existentes ou não estão convencidas dos benefícios que a educação em diabetes pode trazer. Esses pacientes podem achar, por exemplo, que a interação com o médico fornece toda a educação de que precisam. A campanha do Dia Mundial do Diabetes vai promover a importância dos programas estruturados de educação em diabetes como a chave para a prevenção e o controle, além de defender mais oportunidades para inserir educação em diabetes junto aos sistemas de cuidados em saúde e às comunidades.

Está faltando educação em diabetes especialmente nos países em desenvolvimento. Mesmo nos países desenvolvidos, muitas pessoas não conseguem ter acesso a ela porque não há educadores e centros em número suficiente para atender o número crescente de novos casos.

dia-do-diabetes-cursos-cpt
imagem retirada do site https://goo.gl/I6FuVP em 14/11/2016 as 09:59

 

Novembro Azul e o Câncer de Prostata

Novembro Azul conscientiza homens para prevenção do câncer de próstata

por Portal BrasilPublicado: 12/11/2012 16h58Última modificação: 29/07/2014 09h02

No Brasil, doença é uma das principais causas de mortes entre os homens

Depois de o mês de outubro ser marcado pela campanha de mobilização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, agora é a vez dos homens. O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem. O mês foi escolhido pois o próximo sábado (17) é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

Cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo.

 

Prevenção

A próstata é uma glândula que só o homem possui, localizada na parte baixa do abdômen. Situa-se logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. Ela produz cerca de 70% do sêmen, e representa um papel fundamental na fertilidade masculina.

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco do câncer. Especialistas recomendam pelo menos 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Homens a partir dos 50 anos devem procurar um posto de saúde para realizar exames de rotina. Os sintomas mais comuns do tumor são a dificuldade de urinar, frequência urinária alterada ou diminuição da força do jato da urina, dentre outros. Quem tem histórico familiar da doença deve avisar o médico, que indicará os exames necessários.

 

Exames

O toque retal é o teste mais utilizado e eficaz quando aliado ao exame de sangue PSA (antígeno prostático específico, na sigla em inglês), que pode identificar o aumento de uma proteína produzida pela próstata, o que seria um indício da doença. Para um diagnóstico final, é necessário analisar parte do tecido da glândula, obtida pela biópsia da próstata.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens com 45 anos de idade ou mais façam um exame de próstata anualmente, o que compreende o toque retal feito e o PSA. Segundo especialistas, o toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom, por exemplo.

 

Tratamento

Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal.

A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

 

Rede pública

A Política Nacional de Atenção Oncológica garante o atendimento integral a todos aqueles diagnosticados com câncer, por meio das Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) e dos Centros de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon).

Todos os estados brasileiros têm pelo menos um hospital habilitado em oncologia, onde o paciente de câncer encontrará desde um exame até cirurgias mais complexas. Mas para ser atendido nessas unidades e centros é necessário ter um diagnóstico já confirmado de câncer por laudo de biópsia ou punção.

 

Fonte:
Ministério da Saúde
Instituto Nacional do Câncer
Portal Brasil

Dicas para uso correto do Whey Protein!

Nos dias atuais, cada vez mais academias abrem e cada vez mais adeptos de boa forma e saúde. Alimentação regrada e suplementos cada vez mais complexos são itens essenciais para praticantes de qualquer esporte e academia. Um desses suplementos é conhecido como Whey Protein.

Seguindo matéria da veja, veja 11 dicas de uso desse suplemento.

Febre entre frequentadores de academia, produto é uma forma prática de obter grandes quantidades de proteína. Especialistas discordam, porém, se o suplemento é realmente necessário.

Whey Protein

O whey protein é um suplemento composto em sua maior parte pela proteína extraída do soro do leite, além de carboidratos e gordura.

O produto pode ser encontrado em formas como pó ou barrinhas. Existem diferentes composições do suplemento, que variam de acordo com a proporção de proteína, carboidratos e gordura.

O whey protein concentrado, por exemplo, é o tipo que possui a maior quantidade de carboidrato e gordura, e cerca de 80% de sua fórmula é composta por proteína. Já o whey isolado tem 90% ou mais de proteína em sua composição. O tipo hidrolisado é mais refinado – ou seja, as proteínas são formadas por moléculas menores e, portanto, absorvidas mais rapidamente.

A maior parte do whey protein é composta por uma proteína geralmente extraída do soro do leite (também há suplementos de proteína obtida pela soja ou carne) que retém apenas as moléculas menores do nutriente, o que acelera a sua absorção. Gordura e carboidrato completam a composição.

Normalmente, o produto é consumido após uma atividade física de força – sabe-se que a proteína, independentemente da fonte, é essencial para regenerar o músculo após um exercício intenso, ajudando a aumentar a massa muscular.

Não existe um consenso entre especialistas sobre a necessidade de elevar o consumo de proteína na dieta. Para alguns profissionais, a alimentação sozinha é, quase sempre, capaz de fornecer os nutrientes de que precisamos. “Nós não necessitamos de tanta proteína quanto parece. A importância da suplementação é mais um mito do que um fato”, diz Celso Cukier, nutrólogo do Hospital Albert Einstein.

Segundo o nutrólogo, uma pessoa normal precisa de 1 a 1,2 gramas de proteína para cada quilo de seu peso total – ou seja, quem pesa 70 quilos deve ingerir entre 70 e 84 gramas do nutriente por dia.

Se esse indivíduo é esportista ou deseja aumentar a massa muscular, essa quantidade pode aumentar para 1,2 a 1,4 gramas de proteína por quilo, o equivalente a 84 a 98 gramas de proteína ao dia. Essa quantidade pode ser encontrada, por exemplo, em dois filés de frango grelhados, 100 gramas de queijo minas e dois ovos cozidos.

Defesa – Especialistas favoráveis ao uso do suplemento defendem que chegar ao fim de um dia tendo consumido toda quantidade necessária de proteína em pequenas porções não é a maneira mais eficaz de conquistar massa muscular.

Para eles, a diferença está em, além de atingir a cota, obter uma dose maior do nutriente de uma só vez e de forma que ela seja absorvida mais rapidamente.

Essa é a opinião de Stuart Phillips, especialista em nutrição esportiva do Grupo de Pesquisa em Metabolismo do Exercício da Universidade McMaster, no Canadá, e autor de uma série de estudos sobre o tema.

“A alimentação é definitivamente capaz de sustentar a massa muscular e talvez promover o aumento dela, mas os suplementos são convenientes, pois são uma forma mais fácil e, em alguns casos, eficazes de conseguir proteína”, disse ao site de VEJA.

Na opinião do pesquisador, a quantidade máxima de proteína ingerida por vez deve ser de 25 a 30 gramas – mais do que isso, o corpo não consegue absorver.Diversos estudos já encontraram efeitos positivos do uso do suplemento proteico no ganho de massa muscular.

Uma pesquisa holandesa publicada em 2012 no periódico American Journal of Clinical Nutrition, por exemplo, revisou uma série de trabalhos sobre o tema e concluiu que o whey protein favorece a formação de massa magra e melhora o desempenho em exercícios de força tanto em jovens quanto em pessoas mais velhas.

Outubro Rosa, um gesto nobre

Estamos vivenciando o mês contra o câncer de mama agora em outubro e através de uma matéria publicada no site Folha Ribeirão Pires descobrimos um gesto nobre por parte de um estúdio de tatuagem. Em primeiro lugar, vamos bater palmas para uma ação solidaria deles. Em segundo vamos acompanhar a matéria clicando na imagem abaixo:

Em terceiro vamos compartilhar

Obesidade Infantil e Sedentarismo Infantil

Obesidade Infantil e Sedentarismo Infantil

A obesidade é um problema grave que tem crescido exponencialmente em todo o mundo afetando pessoas de todas idades, inclusive as crianças. Uma nova proposta foi lançada para combater o sedentarismo e a obesidade infantil, “SOS” tem como base atividades como andar a pé, caminhadas, ciclismo e até mesmo visitas ao supermercado para avaliar os rótulos que descrevem os gêneros alimentícios.

As autoridades esportivas de vinte países latino-americanos foram surpreendidas hoje, com uma proposta que não tem nada ver com a construção de centros de treinamento avançados e coloca toda a ênfase na “guerra” ao sedentarismo e a obesidade infantil.

“O excesso de peso é o dilema da SOS” lançado em Janeiro passado pelo secretário do Departamento de Esportes e Recreação em Porto Rico, David Bernier, e promete incentivar a prática de atividades recreativas, antes do elevado nível de obesidade detectado em 300 crianças.

Andar a pé, caminhadas, ciclismo e até mesmo visitas ao supermercado para avaliar os rótulos que descrevem os gêneros alimentícios, que constituem a base da programação da “SOS”.

“Em Porto Rico, um país de 3,8 milhões de habitantes, 64% da população, ou seja, 2,5 milhões de pessoas, está obesa. Se não fizermos algo importante hoje, em vinte anos os mesmos problemas afetaram 85-90% da população”, disse Bernier EFE.

Bernier afirmou que muitos pais têm incentivado seus filhos aos jogos de vídeo game, computadores e televisão. “Com essa imagem que vemos agora podemos afirmar que mais da metade das crianças em Porto Rico, estão ameaçadas pela obesidade”.

O programa mais importante sobre organismo em Porto Rico, afirmou que: ao contrário das autoridades investirem na construção de quadras de tênis, piscinas, treinamento ou formação técnica dos atletas, o melhor seria investir em hábitos saudáveis, e conscientizar a população que a obesidade mata.

Matéria completa em – http://www.saudedicas.com.br/saude-infantil/sos-contra-o-sedentarismo-e-obesidade-135549 – retirados trechos – 11/10/2016 as 12:55