Arquivo da tag: academia

Suplementação de Vitaminas e Minerais

Hoje em dia temos muitas ofertas em gondolas e prateleiras de farmácias, lojas de suplemento e até lojas online referentes a suplementação, mas qual seria ideal para você?

Uma matéria publicada pelo site Tua Saúde explica a diferença entre o polivitamínico e o polivitamínico e mineral. Veja a matéria abaixo ou clicando no link acima!

Polivitamínico

Um polivitamínico é um suplemento alimentar que tem várias vitaminas.

A utilização de polivitamínico é necessária quando não se consegue ter todas as vitaminas necessários ao organismo através da alimentação como por exemplo quando se pratica um esporte, quando se tem doenças ou se toma medicação que dificultam a absorção de vitaminas ou em certas fases da vida como a gestação ou amamentação.

O polivitamínico não engorda porque as vitaminas não têm calorias mas por exemplo o polivitamínico complexo B que tem todas as vitaminas do complexo B pode aumentar o apetite e assim levar a um maior consumo de alimentos que poderá trazer um aumento de peso.

Polivitamínico e poli mineral

O polivitamínico e poli mineral é um suplemento que tem várias vitaminas e minerais.

O polivitamínico e mineral existe na forma de pílulas, líquidos ou pós que são tomados diariamente durante um período de tempo que vai varia de acordo com as exigências individuais do organismo, existindo por isso polivitamínico e poli mineral infantil específico para esta fase da vida assim como polivitamínico e poli mineral para gestantes que geralmente têm maiores quantidades de ácido fólico e ferro porque são nutrientes importantes para a grávida.

Alguns nutrientes interagem podendo prejudicar a absorção entre si, por exemplo o cálcio diminui a absorção do ferro e se forem consumidos em simultâneo o organismo não consegue absorver nenhum destes minerais por isso é importante se aconselhar com o médico ou nutricionista antes de se iniciar qualquer suplementação para que ela seja eficiente e não prejudique a saúde.

Lembramos que o uso de qualquer medicamento deve ser orientado por médicos especializados.

Trabalhamos com Polivitamínico e Polimineral Tupã.

Viva bem e com saúde!

 

Dicas para uso correto do Whey Protein!

Nos dias atuais, cada vez mais academias abrem e cada vez mais adeptos de boa forma e saúde. Alimentação regrada e suplementos cada vez mais complexos são itens essenciais para praticantes de qualquer esporte e academia. Um desses suplementos é conhecido como Whey Protein.

Seguindo matéria da veja, veja 11 dicas de uso desse suplemento.

Febre entre frequentadores de academia, produto é uma forma prática de obter grandes quantidades de proteína. Especialistas discordam, porém, se o suplemento é realmente necessário.

Whey Protein

O whey protein é um suplemento composto em sua maior parte pela proteína extraída do soro do leite, além de carboidratos e gordura.

O produto pode ser encontrado em formas como pó ou barrinhas. Existem diferentes composições do suplemento, que variam de acordo com a proporção de proteína, carboidratos e gordura.

O whey protein concentrado, por exemplo, é o tipo que possui a maior quantidade de carboidrato e gordura, e cerca de 80% de sua fórmula é composta por proteína. Já o whey isolado tem 90% ou mais de proteína em sua composição. O tipo hidrolisado é mais refinado – ou seja, as proteínas são formadas por moléculas menores e, portanto, absorvidas mais rapidamente.

A maior parte do whey protein é composta por uma proteína geralmente extraída do soro do leite (também há suplementos de proteína obtida pela soja ou carne) que retém apenas as moléculas menores do nutriente, o que acelera a sua absorção. Gordura e carboidrato completam a composição.

Normalmente, o produto é consumido após uma atividade física de força – sabe-se que a proteína, independentemente da fonte, é essencial para regenerar o músculo após um exercício intenso, ajudando a aumentar a massa muscular.

Não existe um consenso entre especialistas sobre a necessidade de elevar o consumo de proteína na dieta. Para alguns profissionais, a alimentação sozinha é, quase sempre, capaz de fornecer os nutrientes de que precisamos. “Nós não necessitamos de tanta proteína quanto parece. A importância da suplementação é mais um mito do que um fato”, diz Celso Cukier, nutrólogo do Hospital Albert Einstein.

Segundo o nutrólogo, uma pessoa normal precisa de 1 a 1,2 gramas de proteína para cada quilo de seu peso total – ou seja, quem pesa 70 quilos deve ingerir entre 70 e 84 gramas do nutriente por dia.

Se esse indivíduo é esportista ou deseja aumentar a massa muscular, essa quantidade pode aumentar para 1,2 a 1,4 gramas de proteína por quilo, o equivalente a 84 a 98 gramas de proteína ao dia. Essa quantidade pode ser encontrada, por exemplo, em dois filés de frango grelhados, 100 gramas de queijo minas e dois ovos cozidos.

Defesa – Especialistas favoráveis ao uso do suplemento defendem que chegar ao fim de um dia tendo consumido toda quantidade necessária de proteína em pequenas porções não é a maneira mais eficaz de conquistar massa muscular.

Para eles, a diferença está em, além de atingir a cota, obter uma dose maior do nutriente de uma só vez e de forma que ela seja absorvida mais rapidamente.

Essa é a opinião de Stuart Phillips, especialista em nutrição esportiva do Grupo de Pesquisa em Metabolismo do Exercício da Universidade McMaster, no Canadá, e autor de uma série de estudos sobre o tema.

“A alimentação é definitivamente capaz de sustentar a massa muscular e talvez promover o aumento dela, mas os suplementos são convenientes, pois são uma forma mais fácil e, em alguns casos, eficazes de conseguir proteína”, disse ao site de VEJA.

Na opinião do pesquisador, a quantidade máxima de proteína ingerida por vez deve ser de 25 a 30 gramas – mais do que isso, o corpo não consegue absorver.Diversos estudos já encontraram efeitos positivos do uso do suplemento proteico no ganho de massa muscular.

Uma pesquisa holandesa publicada em 2012 no periódico American Journal of Clinical Nutrition, por exemplo, revisou uma série de trabalhos sobre o tema e concluiu que o whey protein favorece a formação de massa magra e melhora o desempenho em exercícios de força tanto em jovens quanto em pessoas mais velhas.