Arquivo da tag: dieta

Lançamento Farmácia Tupã – Beanblock®

As novidades não param de chegar

Funcionando de maneira eficiente, Beanblock®  inibe a transformação do carboidrato em açúcar em seu organismo, fazendo assim com que você possa comer sem se preocupar.

Além disso ao ingerir a capsula você passa a se sentir saciado, não comendo outros alimentos, auxiliando em sua dieta.

Coma doces sem culpa com Beanblock®, um lançamento da Farmácia Tupã, que vem pra auxiliar todos aqueles que fazem algum tratamento ou dieta Low Carb.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, texto e atividades ao ar livre

Para saber mais, clique na foto e acesse nosso site!

Divirta-se no carnaval com responsabilidade

O Carnaval é um período de festa e folia. Para aproveitar esta folia e retornar das festas com segurança é importante controlar os abusos durante o carnaval. O álcool é o principal responsável pelos acidentes neste período. Não dirija se beber, você pode não ter uma segunda chance. Por isso, separamos aqui algumas dicas do que evitar nessa data.

Acidentes automobilísticos e álcool

Quanto maior a concentração de álcool no sangue do motorista, maior probabilidade tem ele de provocar um acidente de trânsito.

O sistema nervoso é a sede dos principais efeitos do álcool, onde age como potente depressor. No Carnaval e em outras festas e feriados, são freqüentes os abusos do uso do álcool. E, como se pode suspeitar, é uma época perigosa para o tráfego nas cidades e estradas.

Existem várias razões que explicam o maior número de acidentes automobilísticos nesta época do ano:

– A maioria dos motoristas que viajam para as festividades de Carnaval são jovens; estatísticamente, são os jovens os que mais se envolvem em acidentes automobilísticos devido à sua menor experiência como motoristas.

– Existe a cultura do excesso do álcool no Carnaval, e são os jovens que mais fazem uso dele.

– A maioria dos que usam o álcool nesta ocasião não bebem com freqüência, tendo, assim, uma menor tolerância ao álcool. Estas pessoas geralmente subestimam o seu grau de embriagues, e acabam por dirigir.

– Os alcoólatras crônicos apreciam muito as festividades como o Carnaval, que dão a elas uma maior oportunidade “social” para beber. Os alcoólatras, diferentemente do usuário eventual de bebida, conseguem ingerir uma grande quantidade de bebida alcóolica, antes de se manifestarem sinais de embriaguez.

– As pessoas tem pressa em “chegar” ao seu destino – os dias de feriado são poucos, e todos desejam aproveitar o tempo ao máximo. Assim, existem ainda os efeitos do excesso de velocidade e das estradas superlotadas nestas ocasiões.

– Muitas vezes, as pessoas dormem pouco nestas ocasiões de Carnaval. O sono, associado à bebida, pode deprimir ainda mais o sistema nervoso central.

– Drogas algumas vezes são consumidas, afetando diretamente o cérebro e combinando seus efeitos com os do álcool.

Dosagem de álcool no organismo

Para finalidades médicas, seria ideal a determinação da concentração do álcool no sangue, no ar exalado ou na urina. Respeitando as tolerâncias individuais, a regularidade e a quantidade de ingestão alcoólica, tem-se que:

– níveis baixos (50-150 mg%) provocam leves sintomas de intoxicação, com desinibição, euforia, incoordenação motora leve a moderada — estes níveis geralmente não exigem a intervenção do médico;

– níveis moderados (150 a 300 mg%) acometem o sistema límbico e o cerebelo, originando sonolência, instabilidade emocional, fala arrastada, ataxia e diminuição das respostas motoras;

– níveis acima de 300 mg% acompanham-se de depressão mais acentuada das áreas anteriormente citadas e mais do sistema reticular ativador ascendente. Aumentam as disfunções motoras e cognitivas; há diminuição progressiva do estado de consciência, com letargia, estupor e coma.

– Com níveis muito altos (em torno de 500 mg%), predominam o acometimento bulbar com aprofundamento do coma, hipotermia, hipotensão e depressão respiratória. A morte ocorre raramente, estando associada à ingestão concomitante de outros depressores e aos comas prolongados (8-10 h); ao ocorrer, geralmente sobrevém a morte por parada respiratória.

Em alguns indivíduos hipersensíveis, pode ocorrer o que se denomina intoxicação alcoólica patológica, provavelmente associada à epilepsia do lobo temporal. Após uso de pequenas quantidades de álcool, manifesta-se agitação extrema, acompanhada de confusão mental, desorientação e, às vezes, grande violência. Geralmente segue-se amnésia.

 

Orientações e dicas

Siga os seguintes princípios para evitar os acidentes automobilísticos relacionados com o álcool:

– Não existe uma regra que diz que para que você tenha um Carnaval divertido você deva beber. Se você for dirigir, evite a todo o custo os convites para ingerir bebida alcoólica

– Tenha a opção de usar bebidas não-alcóolicas, como refrigerantes, cerveja sem álcool, sucos, água mineral.

– Se você estiver em uma turma e o grupo pretender usar álcool, designem antecipadamente um motorista, que não deverá beber. Esta decisão é importante para a segurança de todo o grupo.

– E, por último, se o motorista for beber, deverá evitar atingir a dose de 50 mg% de álcool no organismo (ver acima, Dosagem de álcool no Organismo). Para isso, a dose máxima de segurança permitida deverá ser a de uma lata de cerveja.

Fonte: Manual de Urgências em Pronto-Socorro – 5a. Ed. – 1996.

http://www.farmaciatupa.com.br/

carnaval porra caralho

Nesse verão emagreça de forma saudável e deliciosa com o suco verde

capa-top-five-detox.jpg

O suco verde é tudo de bom. De maneira prática e rápida, fazem as toxinas que ingerimos serem eliminadas, promovendo uma limpeza interna que facilita o processo de emagrecimento. Confira uma receita para se fazer com o Suco verde:

suco-detox-verde.jpg

Ingredientes

2 laranjas
3 folhas de couve
1 gengibre
1 litro de água

Modo de preparo

Descasque as laranjas.
Corte-as em pedaços e tire as sementes.
Coloque no liquidificador.
Junte as folhas de couve bem lavadas e com talo.
Acrescente um pedacinho de gengibre.
Complete com o litro de água e bata tudo.
Depois, coe, acrescente adoçante a seu gosto.
Sirva com muito gelo.

Compre o suco verde aqui: http://goo.gl/ywg9bO

SucoVerde

Dieta para Detonar as gorduras!

Já pensou que bom seria se existisse uma dieta feita para exterminar aqueles últimos quilinhos extras que não a abandonam de jeito nenhum? Opa, essa dieta já existe! Ela foi criada pelo médico norte-americano Ian Smith, após ele perceber que uma amiga, depois de ter emagrecido muito, não conseguia perder os 10 kg finais. Para ajudá-la, ele criou um programa de apenas seis semanas, também chamadas de ciclos. Surgiu, então, o livro Detone! (Ed. Objetiva, R$ 24,90), lançado no fim do ano passado no Brasil, e que alcançou o primeiro lugar na lista de mais vendidos do New York Times por 20 semanas. A ideia do médico foi juntar conceitos que dão certo em várias dietas num único programa. O resultado? O fim do efeito platô (quando a perda de peso fica estagnada) e até 11 kg a menos depois de seis semanas! Se não atingir sua meta, pode refazer o ciclo sem problemas. Porém, fazer exercícios é essencial para atingir a meta da dieta, que é acumular massa muscular magra – um tipo de tecido que consome bastante energia. Então, que tal ficar mais magra para o Carnaval?

AS REGRAS DA DIETA:
1. Veja seu peso de manhã, antes de começar cada semana. Pese sempre na mesma balança e com a mesma roupa.
2. Em cinco dos sete dias, faça exercícios cardiovasculares, como natação, corrida e pular corda.
3. Você deve tomar um copo de água antes das refeições e outro durante.
4. Depois da última refeição, espere pelo menos 90 minutos antes de dormir.

CONFUNDA SEU ORGANISMO
Já ouviu falar em confusão dietética? É um conceito baseado no princípio de que comer sempre os mesmos alimentos a leva ao “tédio alimentar”. Em outras palavras, você cansa de comer sempre a mesma coisa, e começa a beliscar o que está fora do cardápio. O organismo também se acostuma aos alimentos que você come sempre e se torna mais eficiente em processá-los, ou seja, gasta menos calorias para digeri-los. Por isso, manter o corpo “surpreso” ajuda a manter o metabolismo ativo. Isso explica por que nesta dieta pode chocolate e até cheeseburguer!

CRONOGRAMA
O intervalo de, no máximo, quatro horas entre as refeições é uma dos pontos-chave da Detone! “Isso evita os picos de insulina no sangue, que favorecem o acumulo de gordura”, explica a nutricionista Marina Capella, da Clínica Dicorp. Para chegar lá, o livro sugere o seguinte cronograma:

Refeição 1: 8h30
Lanche 1: 10h
Refeição 2: 11h30
Almoço: 13h
Lanche 2: 15h30
Jantar: 19h
Lanche 3: 20h30

SEMANA 1
REFEIÇÃO 1
1 maçã + 1 ½ xíc. (chá) de mingau de aveia + 1 copo de suco de fruta fresca.

LANCHE 1
1 xíc. (chá) de salada de frutas.

REFEIÇÃO 2
1 ½ xíc. (chá) de sopa de tomate + 1 prato (sobremesa) de hortaliças (couve, espinafre e pepino) + 1 copo de água de coco.

ALMOÇO
1 filé de frango grelhado + 1 prato (sobremesa) de hortaliças + 1 copo de limonada.

LANCHE 2
5 biscoitos de aveia e mel.

JANTAR
3 porções de hortaliças + 1 xíc. (chá) de feijão + 1 copo de suco.

LANCHE 3
1 barra de cereal light.

SEMANA 2
REFEIÇÃO 1
2 fatias de pão com 100% de grãos integrais + 1 porção de fruta + 1 omelete de clara de ovo com hortaliças picadas + 1/3 de copo de suco (se for concentrado, não misture água).

LANCHE 1
½ xíc. (chá) de queijo minas frescal cortado em cubinhos com 1 colher (sobremesa) de azeite e orégano.

REFEIÇÃO 2
1 copo de vitamina de frutas + 1 porção de frutas + água à vontade.

ALMOÇO
1 salada pequena de folhas verdes + 1 filé de frango grelhado + 1 copo de água de coco.

LANCHE 2
1 fatia de queijo mussarela + 7 biscoitos de gergelim.

JANTAR
1 ½ xíc. (chá) de sopa de legumes + 1 porção de hortaliças + 1 copo de limonada.

LANCHE 3
½ banana congelada mergulhada em 2 quadradinhos de chocolate amargo derretido.

SEMANA 3
REFEIÇÃO 1
1 copo de água com ½ limão espremido + 1 banana + 1 ½ xíc. (chá) de mingau de aveia + ½ copo de suco de laranja.

LANCHE 1
3 biscoitos cream crackers integrais + 3 amêndoas.

REFEIÇÃO 2
1 copo de vitamina de frutas + 1 maçã + 1 copo de água de coco.

ALMOÇO
1 ½ xíc. (chá) de canja de galinha + 1 lata de 350 ml de refrigerante diet.

LANCHE 2
10 metades de nozes + 1 kiwi fatiado.

JANTAR
1 vitamina de frutas + 1 pera + 1 copo de chá gelado sem açúcar.

LANCHE 3
10 minicenouras.

 dieta-detone-ian-smith-emagrecer-rapido-02-58711
É preciso seguir direitinho o cronograma de refeições para evitar o acúmulo de gordura.

SEMANA 4
REFEIÇÃO 1
1 copo de água com ½ limão espremido + 1 maçã + 1 omelete de duas claras de ovo + ½ copo de suco de laranja.

LANCHE 1
¼ de xíc. (chá) de granola light.

REFEIÇÃO 2
1 sanduíche de frango no pão 100% integral, com alface, tomate, 1 fatia de queijo mussarela + 1 prato de sobremesa de salada de folhas verdes + 1 lata de 350 ml de refrigerante diet.

ALMOÇO
1 ½ xíc. (chá) de sopa de ervilha + 1 copo de água de coco.

LANCHE 2
Salada de pepino: 1 pepino grande fatiado em rodelas com 2 col. (sopa) de cebola roxa e 2 col. (sopa) de vinagre de maçã.

JANTAR
1 cheeseburguer + 12 batatas fritas + 1 lata de refrigerante diet.

LANCHE 3
1 xíc. (chá) de salada de frutas.

SEMANA 5
REFEIÇÃO 1
1 copo de água com ½ limão espremido + 1 maçã + 1 ½ xíc. (chá) de flocos de cereal sem açúcar com leite desnatado + ½ copo de suco de caju.

LANCHE 1
1 cenoura grande crua.

REFEIÇÃO 2
1 xíc. (chá) de hibisco + 1 prato de salada de folhas verdes + 1 copo de água de coco.

ALMOÇO
1 copo de suco de cranberry + 1 sanduíche de peito de peru no pão de grãos integrais com alface, tomate, uma fatia de queijo mussarela + 1 prato (sobremesa) de hortaliças (couve, espinafre…)

LANCHE 2
1 torrada integral com 1 col. (sopa) de pasta de atum com requeijão light.

JANTAR
1 filé de peixe grelhado + 1 prato de sobremesa de salada verde + 1 copo de limonada.

LANCHE 3
2 rodelas de abacaxi grelhadas.

SEMANA 6
REFEIÇÃO 1
1 banana + 1 pote de iogurte desnatado + 1 copo de suco de cenoura.

LANCHE 1
Salada de grão-de-bico: ¼ de xíc. (chá) de grão-de-bico já cozido com 1 col. (sopa) de cebolinha fatiada, 1 col. (chá) de suco de limão e ¼ de xíc. (chá) de tomate picado.

REFEIÇÃO 2
1 vitamina de frutas + 1 pera.

ALMOÇO
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes + 1 filé de frango grelhado + 1 prato (sobremesa) de hortaliças.

LANCHE 2
1 xíc. (chá) de gelatina + 2 pêssegos.

JANTAR
3 pratos (sobremesa) de hortaliças + 1 xíc. (chá) de feijão.

LANCHE 3
1 ovo cozido duro temperado com sal e pimenta a gosto.

Fonte: M de Mulher (Editora Abril)

produto_pholia_e_ayslim

 

Qual a melhor opção, dieta ou exercícios?

Não dá para manter o corpo em forma e livre de gordurinhas extras sentado na frente da TV ou comendo alimentos pobres em nutrientes o dia todo. Mas na hora de mudar de atitude qual a mais acertada: fazer uma reeducação alimentar ou iniciar uma atividade física?

Bom, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Michigan, Estados Unidos, a resposta está dentro de você.

Acha que seu sobrepeso é causado pela má alimentação? Passe a comer bem e tenha a garantia de bons resultados. Agora se acredita que os quilinhos a mais são sinônimo de sedentarismo, mexa-se e perderá os excessos.

Essa questão, na opinião do personal trainer Robson Santos, se torna mais matemática do que fisiológica. Isso porque, quando se ingere mais calorias do que se gasta, a pessoa engorda. E quando gasta mais calorias do que consome ela emagrece. Assim, tanto a dieta quanto a atividade física resultarão no emagrecimento.

“O que acontece é que para perder cerca de 600 calorias você precisa fazer em torno de uma hora de atividade aeróbia, enquanto se você consumir uma barra de chocolate estará ingerindo a mesma quantidade de calorias. O que você acha mais fácil? Não comer a barra ou malhar por uma hora?”, questiona Robson.

Em certas situações, a dieta ganha mais pontos que a malhação. O personal trainer exemplifica: “Se você precisa perder muito peso talvez tenha que queimar 1000 calorias ou mais abaixo do seu consumo diário. Imagine o quanto teria que fazer de exercícios? Por isso a dieta se torna mais eficiente na redução de peso, mas, ao mesmo tempo, ela é muito potencializada quando associada a uma rotina de treino.”

A quantidade de resultados obtidos por meio de uma atividade física podem até depender do biótipo da pessoa, mas a redução de gordura e a melhora da estética e do condicionamento físico é sempre perceptível. No caso da dieta, tudo vai depender de qualidade dos hábitos alimentares. Se você come mal, somente uma grande mudança nesse quesito pode mostrar resultado em pouco tempo.

“O que diferencia o obeso daqueles que precisam perder apenas uns quilinhos, por exemplo, é a dedicação e tempo despendido para alcançar os objetivos. Quem tem muito a perder passará meses malhando e fazendo dietas mais restritas”, comenta Robson. “Por isso vale mais a pena ficar de olho e quando alguns quilinhos extras aparecerem já correr atrás do prejuízo e voltar à forma.”

De uma maneira geral, fazer dieta traz mais resultados, mas não deixa seu corpo tonificado, o que aconteceria se você se exercitasse. Pensando por esse lado, que tal juntar as duas coisas? “Uma reeducação alimentar associada a uma rotina de atividade física trará tantos benefícios a sua vida que você nunca mais irá querer voltar à forma antiga ou ao sedentarismo”, garante o personal.

Veja a matéria completa em http://vilamulher.terra.com.br/dieta-ou-exercicios-o-que-emagrece-mais-11-1-70-755.html

O que fazer no pós Feriado? Alimentos que ajudam na dieta


Nesse ultimo final de semana, todos exageramos na comida. Dia das Mães, você já viu, tudo de bom e gostoso pra comer. Mas, como segunda e o dia de iniciar dietas, seguem algumas dicas.

Mesmo que a sua dieta seja tão frugal quanto a dos vigiados cardápios de spas onde até uma lâmina de tomate é encarada como um manjar dos deuses, difícil imaginar que alguns alimentos devem entrar no cardápio para emagrecer. Pois bem, escute esta: o processo de digestão requer uma demanda extra de energia. O organismo gasta calorias apenas para aproveitar os nutrientes vindos da comida. Alguns itens demoram mais para ser digeridos, induzindo o corpo a um gasto calórico maior. Há, ainda, alimentos que instigam o cérebro a acionar o metabolismo. Outros promovem rapidamente a saciedade, evitando que você se atire, na sequência, em direção a um pote de sorvete. Todos eles — abençoados! — têm um ponto em comum: além de fornecer nutrientes, ajudam a incinerar gordura. Quer dizer, são aliados da boa forma e não podem ficar de fora do cardápio diário.

Pimenta vermelha (Caiena)

Esse tipo de condimento possui capsaicina, substância que atua no cérebro, estimulando o processo de queima de gordura. Um estudo do Instituto Politécnico de Oxford, nos EUA, constatou que entre 3 e 4 g diários dessa pimenta aceleram em 20% o metabolismo. Ela também é digestiva e ativa a circulação. Uma alternativa para aqueles que não gostam do sabor é consumir o item manipulado, na forma de cápsulas. A restrição é para quem tem problemas de hemorroidas: a capsaicina irrita a parede das veias, provocando ardor.

Iogurte desnatado

Iogurtes e leites desnatados são enriquecidos com cálcio, mineral que ajuda a emagrecer. “O cálcio interfere na produção de calcitriol, substância que bloqueia o processo de quebra de gordura”, diz Thiago Volpi, clínico-geral e nutrólogo de São Paulo. A função do calcitriol é ajudar o organismo a estocar gordura para que seja utilizada em períodos de jejum — daí também a necessidade de comer a cada 3 horas para emagrecer.

Gengibre

Estudos chineses e ingleses constataram que um pedaço diário do condimento (cerca de 5 cm) também acelera em 20% o metabolismo. O gingerol, um dos princípios ativos, aumenta a temperatura corporal e exige maior demanda de calorias do organismo. Segundo pesquisa da Universidade Joseph Fourier, na França, a canela também tem o mesmo efeito, graças ao aldeído cinâmico. A indicação diária é de até 2 colheres (sobremesa).

Ovo

Vários estudos demonstraram que esse alimento detona os excessos por induzir o organismo à saciedade. Um deles, feito pelo departamento de obesidade da Pennington Biomedical Research Center, da Universidade do Estado da Louisiana, nos EUA, revelou que o ideal é ingerir o dito-cujo logo de manhã. As voluntárias que consumiram um café da manhã composto de dois ovos mexidos, duas fatias tostadas de pão e um copo de suco se sentiram mais saciadas e comeram menos nas 36 horas seguintes.

Pera

Uma pera média tem 6 g de pectina. Trata-se da fruta com a maior quantidade desse tipo de fibra — logo depois vem a maçã, com 3 g em uma unidade média. O consumo de apenas uma pera representa 12% da necessidade diária de fibras. E o que parece ser o mais importante: um estudo do Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro mostrou que, por ser fibrosa e demorar mais para ser digerida, a pera ajuda a emagrecer. A pesquisa foi realizada com 411 voluntárias. O grupo que comeu até três peras ou maçãs diariamente, durante três meses, emagreceu mais que o outro, que substituiu as frutas por bolachas.

Brócolis

É fonte de um poderoso antioxidante, a vitamina C, além de fibras que fazem o organismo consumir mais calorias na digestão. Um estudo da Universidade Estadual Paulista, em Botucatu (SP), mostrou que a maior concentração de nutrientes está nas folhas e no talo dos brócolis. Cada 200 g dessas partes misturadas apresenta 3,71 g de fibras e 17,25 mcg de vitamina C. Bônus: os brócolis têm, ainda, sulforano, substância que combate a bactéria Helicobacter pylori, agente de úlceras e gastrites.

Linhaça

Segundo o mesmo estudo, feito em Botucatu, a semente da linhaça concentra muito mais fibras que outros campeões desse nutriente, como a pera e os próprios brócolis. Uma xícara (135 g) tem 57,37 g de fibras. A mesma porção do cereal concentra 2,16 g de ômega 3. Esse tipo de gordura estimula o bom funcionamento do sistema nervoso, afiando a memória e o poder de concentração.

Chá-verde

Segundo pesquisa da Universidade de Copenhague, na Dinamarca, 1 xícara consumida entre 5 e 10 minutos antes do café da manhã, do almoço e do jantar é capaz de acelerar o metabolismo. Ponto para a cafeína, que atua no sistema nervoso. O mesmo estudo revelou que o chá-verde reduz a absorção de açúcar no sangue, ajudando a diminuir a compulsão por doces, além de inibir a ação da amilase, enzima que atua na quebra dos carboidratos. Quando não são quebrados, os carboidratos vão sendo eliminados pelo organismo.

Sopa

Um estudo da Universidade de Purdue, nos EUA, revelou que 1 xícara de caldo de frango é capaz de ajudar a afinar tanto quanto um filé magro. Os pesquisadores acreditam que a sopa dá sensação de saciedade. Sem falar no velho truque de ingerir uma frugal sopinha à noite para acordar no dia seguinte com o corpo sequinho. Por falar no caldo de frango, o tofu é outro alimento que provoca efeito semelhante a ele. Pesquisa da Universidade do Estado da Louisiana mostrou que consumir o item como aperitivo, antes de uma refeição, faz as pessoas comerem menos depois.

Vinagre

Esse tempero deixa a digestão mais lenta, o que aumenta a queima de calorias. Um estudo sueco mostrou que pessoas que comeram um pedaço de pão molhado em vinagre antes das refeições emagreceram mais rapidamente. Os pesquisadores dizem que o ácido acético faz com que alimentos demorem mais para passar do estômago para o intestino. O vinagre de maçã também ajudaria a diminuir o açúcar do sangue, que aumenta quando você come carboidratos refinados.

Sardinha

Um filé concentra entre 1,5 e 2,5 g de ômega 3. O nutriente acelera o metabolismo basal, processo de produção de energia para que o organismo realize suas funções vitais.
O ômega 3 também é encontrado no salmão, no bacalhau e no óleo de prímula e ajuda a baixar os níveis de gorduras, como os triglicérides, que provocam obstruções venosas.

Feijão

Estudo da Universidade da Califórnia, nos EUA, demonstrou que refeições compostas de feijão aumentam os níveis do hormônio colecistoquinina. Ele faz os alimentos permanecerem mais tempo no estômago, o que consome mais calorias para ser digeridos. Há evidências de que o pretinho aumenta os níveis de açúcar no sangue, diminuindo a fome. Outro estudo, feito na Universidade do Colorado, nos EUA, revelou que o feijão-branco faz o organismo absorver menos carboidrato, utilizando gordura para gerar energia, e induz uma queima de gordura 25% maior.

Laranja

Segundo o estudo da Unesp de Botucatu, a casca da fruta possui mais fibras que a própria polpa. Uma unidade (200 g) guarda 12,96 g desse nutriente na casca e 1,84 g na polpa. Não é sem motivo que os chás à base de casca de laranja são recomendados para quem quer emagrecer. A espécie amarga, ou laranja-da-terra, também concentra na casca uma substância chamada sinefrina, que acelera a queima de gordura. Duas xícaras diárias é a indicação aos que desejam emagrecer. A sinefrina é encontrada também na mostarda. Duas colheres de chá do condimento ajudam a nocautear a gordura.

Cereal matinal e aveia

Uma pesquisa da Universidade de Minnesota, nos EUA, constatou que o consumo de uma tigela pequena de cereais integrais é capaz de diminuir o apetite nas refeições seguintes. Mais: um desjejum rico em fibras deixa o corpo menos sensível à ação da insulina, hormônio responsável por levar o açúcar para dentro da célula para que seja transformado em energia. Quanto mais insulina, maiores são as chances de o organismo estocar gordura. Existem, ainda, estudos que mostram que o café da manhã acelera em 20% o metabolismo. Sem o desjejum, o organismo recebe um sinal para diminuir o ritmo da produção de energia e estocar gordura.